ESG tedencias 2024

Os rumos do ESG para os próximos anos e as soluções de mudança que já estão disponíveis por aí

O ano chega ao final e com ele o sentimento de urgência de transformação. Incomodados com o calor excessivo que todos nós vivemos nos últimos meses e com as crescentes tragédias ambientais, é quase impossível hoje ignorar a necessidade que se tem de fazer algo pelo meio ambiente e também pela sociedade.

Segundo pesquisas como a do WGSN que mapeiam o perfil do consumidor, mais de 50% dos jovens entre 16 e 25 anos se sentem ansiosos, impotentes, desamparados e culpados pelas mudanças climáticas, enquanto mais de 45% dizem que seus sentimentos sobre isso afetam negativamente sua vida diária.

Já é sabido que teremos enormes mudanças na indústria, na comunidade e no planeta nos próximos anos. Estaremos cada vez mais conectados globalmente, viajaremos para novas cidades físicas e digitais, mas claro, sem esquecer a força do local. Vamos nos concentrar em uma economia regenerativa, buscando não apenas reduzir danos, mas também criar sistemas que sejam restauradores e beneficiem o ambiente e as pessoas. Uma grande reestruturação, repensando todo o ecossistema de negócios para promover práticas sustentáveis em toda a cadeia da empresa.

Para as marcas o ESG não é mais uma tendência, ou um diferencial, cuidar do meio ambiente e das pessoas é praticamente uma questão de sobrevivência do próprio negócio, seja do ponto de vista interno, para atração e retenção de talentos como do ponto de vista de imagem e reputação.

Segundo afirma a ferramenta do Google Think, aumentar a diversidade e inclusão nas empresas é, por exemplo, uma das pautas mais importantes hoje, o que inclui ações como a criação de grupos de afinidade (ERGs) para o apoio institucional das minorias no ambiente de trabalho até programas que incentivem a progressão de carreiras negras.

Cada vez mais, empresas que realizam ações concretas e assumem compromissos de responsabilidade ambiental, social e econômica passam a ser mais amadas pelos consumidores. Uma agenda ESG com caminhos claros atrai investidores interessados em minimizar seus riscos sociais e ambientais e traz muita relevância da marca no mercado e também para o consumidor.

A economia está mudando e a forma que vivemos também. De acordo com o dado apontado pela projeção do Rock Mountain Institute, carros elétricos serão quase 90% da frota mundial até 2030. Em 6 anos, as vendas de carros elétricos devem saltar de 10% para 80% do mercado total.

Na área da saúde, a telemedicina e a criação de apps e dispositivos que ajudam tanto na prevenção como na realização de procedimentos mais complexos estão revolucionando o mercado. As plataformas de relacionamento com pacientes possibilitarão cada vez mais um cuidado personalizado. Nós da Auíri, acreditamos que a tecnologia é um grande aliado quando se fala de capilaridade e facilitação de políticas públicas como as do SUS, por exemplo.

Hoje, só no Brasil, existem milhares de drones trabalhando como semeadores agrícolas, que permitem a aplicação direcionada de nutrientes com base nas necessidades específicas de cada área da plantação, o que reduz os custos para os agricultores, mas também minimiza o impacto ambiental associado ao excesso de fertilizantes.

São inúmeras as possibilidades para que a sua empresa coloque em prática valores sociais, de sustentabilidade e governança que vão fazer diferença para os profissionais que ali trabalham e também na relação com os clientes.

Nós da Auíri estamos aqui, ansiosos por oportunidades de gerar transformação e amplificar cada vez mais o nosso #tudodebom para todos.

COMPARTILHE

Preencha o formulário: